Pular para o conteúdo

Carboxiterapia: como funciona e pra que serve.

30/05/2012

Aí está um recurso multifuncional, a carboxitetapia. E, por promover excelentes resultados no que se propõe é que se tornou tão conhecida e almejada pelas mulheres.

O gás carbônico é injetado na derme ou no tecido subcutâneo através de uma agulha, cânula (descartáveis) e aparelhos mais modernos podem aquecer o gás antes de ser injetado tornando o procedimento menos doloroso.
O processo baseia-se em oxigenar o tecido. O que acontece é que a hemoglobina, célula sangüínea que carrega o oxigênio pros tecidos, possui maior afinidade pelo CO2 quando esse se encontra em maior quantidade. Ao injetar CO2 na carboxi, a hemoglobina desprende as moléculas de O2 para fixar as de CO2, promovendo assim oxigenação mais intensa. Além disso, a lesão provocada pela passagem do gás sob a pele, estimula um processo de reparo tecidual com alta produção de colágeno.

Compreendendo isso fica mais fácil entender que a carboxi promove tratamento de: olheiras, queda de cabelo, estrias, gordura localizada e flacidez tegumentar (flacidez de pele).

O procedimento é feito de 1 a 2 vezes por semana, e é doloroso. Porém, é rápido e suportável. Os resultados positivos tornam ainda mais fácil suportar o desconforto.

Para você que já tentou algumas coisas para olheiras e flacidez, aposte na carboxitetapia e experimente resultados surpreendentes! Vale suportar uma dorzinha 2 x por semana (numa média de 10 sessões) para garantir sucesso nesses tratamentos!

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: